| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Jornal do CAPOEIRA
Desde: 28/10/2004      Publicadas: 1050      Atualização: 18/06/2006

Capa |  CAPOEIRA VIRTUAL  |  CRÔNICAS  |  EVENTOS  |  LIT.CLÁSSICA  |  NOTÍCIAS


 NOTÍCIAS

  05/06/2005
  3 comentário(s)


Capoeira, Maranhão & Agarre Marajoara

Capoeira, Maranhão & Agarre Marajoara
Atlas da Capoeiragem no Brasil

Maranhão  e o  "Agarre Marajoara"

Nota do Editor:

Sem Diagnóstico não se faz Planejamento sério e eficaz.  Sem diagnóstico, portanto, será temerário lançar um Plano Nacional, muito menos um Plano Mundial para a Capoeiragem.  Salvo se o plano mágico for decidido entre  quatro paredes em função de uns poucos iluminados.

Mas, neste caso, será mais um plano pretensioso, sem representatividade nem legitimidade. Raciocínio que serve, também, para os freqüentes congressos nacionais e internacionais que, em função de um pequeno grupo de vestais, pensam que vão resolver todos os problemas da capoeiragem. Salta aos olhos que, mais do que nunca, é hora de um grande diagnóstico, bairro a bairro, cidade por cidade, estado por estado. Precisamos saber a história e a estória locais, de cada região, precisamos saber ao certo o perfil sócio-econômico dos nossos mestres e contramestres, precisamos descobrir as diversas capoeiras que tenderão a morrer esmagadas pelas grifes mais poderosas. 

Não se trata de um sonho impossível, agora mesmo, a Escola e Educação Física e Desporto, da Universidade  Federal do Rio de Janeiro (que vai prestar grande e longa homenagem ao Mestre Artur Emídio de Oliveira)  começa a estudar a viabilidade de assumir um projeto desses em relação ao Estado do Rio de Janeiro.

O melhor exemplo, entretanto, até porque já está em marcha, vem do Maranhão.  Quem já ouviu falar sobre o Agarre Marajoara?

Pois muito bem, informação como esta, valiosa, começa a vir à tona, através do extraordinário trabalho que vem sendo coordenado pelo Professor Leopoldo Vaz, em São Luis do Maranhão.

Daí porque, a seguir,  tomo a liberdade de transcrever o e-mail que dele acabo de receber.

Miltinho Astronauta
 
----- Original Message -----
Subject: CAPOEIRA NO MARANHÃO

Caro Milton Cezar Ribeiro
- Miltinho Astronauta / Jornal do Capoeira
 
Já retornei de Caratupera, região do Alto Turi, fronteira com o Pará ... conversei com alguns capoeiras da área - Caratupera e Maracassumé - que estão ligados ao Pará, attravés do Mestre Zeca ... não consegui informações, ainda,  sobre a "capoeira carioca", pois, muito jovens não conhecem a história da região. Turiaçu fica bem próximo de Carutapera, na mesma região do Turi ...
 
O grupo de Carutapera denomina-se ACANP - Associação Capoeira Arte Nossa Popular - fundada por Mestre Zeca, de Belém do Pará - Jose Maria de Matos Moraes (33 anos) -, que atua em duas escolas - Escola Valter Leite, do município e outro grupo no Abrigo João de Deus
 
Mantém vários grupos atuando na região do Alto Turi, no Maranhão, e em outras localidades do Pará, alem de Belém.
 
Em Carutapera a ACANP mantém cerca de 40 alunos, de idade entre 05 e 16 anos, liderados pelo Monitor Canela - Donaldo Conceição (27/04/82) - da cidade de Maracassumé, onde mantém outro grupo; em Carutapera, o núcleo foi fundado em 23/03/2002, e é dirigido por Reginaldo Tavares (23/03/76) - Estagiário Verdão - e conta ainda com Jose Nilson da Silva (25/05/78) , na capoeira, Batizado Nanico.
 
A ACANP é filiado aa Federação Paraense de Capoeira - e o estilo praticado é o "Angola com Regional", estando desenvolvendo, em Maracassumé, e introduzindo em Caratupera, o estilo desenvolvido pelo Mestre Zeca, que denominam de "Onça Pintada" - que seria uma fusão da Regional com o Agarre Marajoara.
 
O pessoal já manteve contato com a federação Maranhense, de Mestre Bae e Mizinho e é visitada por Mestre Índio Maranhão, mas foi recomendado que se mantivessem em contato com o Pará, devido aa distância ...
 
De acordo com Álvaro Adolpho, de Belém do Pará, ex-diretor do Departamento de Educação Física do Pará, o "Agarre Marajoara" é uma luta desenvolvida pelos índios da Ilha do Marajó - que guarda uma certa semelhança com o Aku-Aku - havendo registro de sua pratica ha mais de 300 anos. De acordo com o Prof. Álvaro, talvez seja a primeira luta-esporte com registro de sua pratica no Brasil.
 
Existem estudos sobre isso, que ficou de mandar, assim como o grupo de Carutapera ficou de enviar um histórico do grupo,com essa historia da capoeira local ...
 
Leopoldo Vaz

Professor de Educação Física do CEFET-MA

........................................................................................

 

Ilustrações: http://geocities.yahoo.com.br/terrabrasileira/ritos/kuarup.html & site do Ministério dos Esportes







Capa |  CAPOEIRA VIRTUAL  |  CRÔNICAS  |  EVENTOS  |  LIT.CLÁSSICA  |  NOTÍCIAS
Busca em

  
1050 Notícias